Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 21 de Julho de 2021 - 10:55

Rui não descarta judicializar critérios de distribuição de vacinas contra Covid-19

por Jade Coelho / Gabriel Lopes

Rui não descarta judicializar critérios de distribuição de vacinas contra Covid-19
Governador Rui Costa | Foto: Jade Coelho / Bahia Notícias

Em conversa com a imprensa na manhã desta quarta-feira (21), o governador Rui Costa (PT) mostrou insatisfação com os critérios de distribuição de vacinas adotados pelo Ministério da Saúde e comentou a presença da variante Delta no país. Para Rui, há uma "perseguição com o Nordeste" e ele não descarta judicializar o caso.

 

"Quero manifestar a nossa indignação e insatisfação em relação a mais uma decisão do Ministério da Saúde que discrimina o Nordeste e a Bahia na distribuição de vacina. Ontem [terça-feira] soltaram uma nota que iam dar dose extra para alguns estados brasileiros, que fazem divisa com outros países sob a pretensão que iriam proteger da variante delta. A variante Delta já está dentro do Brasil, isso é diminuir ainda mais o volume de vacinas que vem para a Bahia e Nordeste", disse o gestor baiano.

 

"Eu postei no grupo de governadores do Nordeste para que a gente tire uma posição dos governadores e enviei também para a Procuradoria Geral do Estado, não vamos aceitar passivamente essa sequência de decisões do Ministério da Saúde que visa diminuir as vacinas que vem. Eu enviei para a Sesab e para o procurador, vamos discutir com o Consórcio Nordeste o que fazer. Mas eu pedi ao procurador que avalie inclusive eventuais medidas judiciais que a gente possa tomar para dar um basta a essa perseguição", acrescentou Rui Costa.

 

A fala do governador foi durante entrega de 21 unidades habitacionais em Paraíso Azul I, no bairro de Costa Azul, em Salvador.

Histórico de Conteúdo