Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Rodrigo Maia volta a criticar ACM Neto após ser expulso do DEM: 'O partido diminuiu'
Foto: Najara Araújo/ Câmara dos Deputados

O deputado federal e ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), rechaçou a decisão do Democratas de expulsá-lo. Nesta segunda-feira (14), a Executiva Nacional do partido decidiu, de forma unânime, excluí-lo dos quadros da legenda (veja aqui), atitude que é decorrente de meses de brigas e trocas de acusações entre ele e o presidente nacional do DEM, o ex-prefeito de Salvador ACM Neto.

 

No Twitter, ainda na noite de ontem, Maia lamentou "o caminho imposto por Torquemada para o partido". "O presidente Torquemada Neto, usando o seu poder para tentar calar as merecidas críticas à sua gestão, tomou essa decisão", atacou, se referindo ao baiano, com alusão ao inquisidor espanhol Tomás de Torquemada, considerado um dos mais terríveis perseguidores de não-cristãos na Idade Média.

 

"Não só por isso, mas também pela sua deslealdade e falta de caráter, pedi a minha desfiliação. O partido diminuiu. Virou moeda de troca junto ao governo Bolsonaro. Agora é virar a página e juntar forças para um projeto de desenvolvimento do Brasil e em prol dos brasileiros", acrescentou em um segundo post. Por ter sido expulso, Maia perdeu a legenda, mas não o mandato, então continuará como deputado federal. 

 

Ele e Neto romperam a amizade de longa data após o ex-prefeito da capital baiana liberar a bancada do DEM para votar de forma livre na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados, no início do ano. A medida favoreceu Arthur Lira (PP-AL), candidato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que saiu vitorioso no pleito. Já Maia, que mantém um discurso de oposição ao presidente da República, trabalhou pela eleição do deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP) e terminou desprestigiado com a articulação de Neto.

Histórico de Conteúdo