Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

ACM Neto diz que DEM não apoia candidatura de Doria à presidência
Foto: Divulgação / Secom PMS

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, afirmou que está descartada a possibilidade de apoio da legenda a uma eventual candidatura do governador de São Paulo, João Doria, à presidência. A declaração foi feita nesta terça-feira (18) em entrevista ao portal Uol.

 

O vice de Doria, Rodrigo Garcia, deixou o DEM para se filiar ao partido do tucano. A atitude teria incomodado ACM Neto. "É uma coisa absolutamente inviável imaginar que o Rodrigo Garcia, para ser candidato a governador de São Paulo, só poderia ser pelo PSDB. Na prática o recado que João Doria dá é esse", disse Neto.

 

Ao ser questionado sobre apoio a Ciro Gomes (PDT), Neto afirmou que as conversas estão abertas. "Da mesma forma que nesse momento eu não posso vetar caminhos, eu também não posso indicar preferências", completou o presidente do DEM.

 

VICE EM 2022 E RODRIGO MAIA
ACM Neto também disse o foco agora é construir na hora certa uma candidatura ao governo do Estado da Bahia e descartou concorrer em chapa com Bolsonaro. “Não serei vice de Bolsonaro nem de ninguém”, disse.

 

De saída para o PSD, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) fez críticas ao presidente do DEM e levantou a possibilidade de Neto integrar a chapa de Bolsonaro em 2022. ACM Neto rebateu e disse que o deputado demonstrou "nível de desequilíbrio incompatível com a boa política".

 

Após o embate, a bancada do DEM pediu a expulsão de Maia. O presidente da legenda disse que o processo “poderá vir acompanhada ou não de um processo de infidelidade partidária”.

Histórico de Conteúdo