Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

ACM Neto critica Doria após vice-governador de SP se filiar ao PSDB: 'Inabilidade política'
O clima já foi mais amigável entre Neto e Doria | Foto: Divulgação / Secom PMS

O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), criticou, na tarde desta sexta-feira (14), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), após a filiação do vice-governador paulista, Rodrigo Garcia (ex-DEM), ao PSDB. Para o político baiano, a articulação do mandatário tucano é uma postura desagregadora e demonstra inabilidade política.

 

“A mudança do vice-governador Rodrigo Garcia para o PSDB é fruto de uma inexplicável imposição estabelecida pelo governador de São Paulo, João Doria, cuja inabilidade política tem lhe rendido altíssima rejeição e afastado os seus aliados”, disse Neto, em publicação nas redes sociais.

 

“A postura desagregadora do governador de São Paulo amplia o seu isolamento político, e reforça a percepção do seu despreparo para liderar um projeto nacional”, complementou o ex-prefeito de Salvador.

 

Rodrigo Garcia foi filiado ao DEM por 27 anos, desde quando o partido ainda se chamava PFL, e é colocado pela imprensa paulista como possível candidato de Doria ao governo de São Paulo em 2022, quando o atual governador pretende se lançar à presidência da República.

 

“O momento pede grandeza e compromisso dos homens públicos com o país. Não é hora de dividir, mas de agregar. O Democratas defende a união de forças, e que se deixem os interesses pessoais de lado”, continuou ACM Neto.

 

“Certos de que o PSDB possui lideranças e quadros nacionais que são capazes de colocar os objetivos comuns e os sonhos para o futuro do Brasil à frente de projetos pessoais, o Democratas espera preservar a longa história de parcerias construída com o partido”, finalizou.

 

REAÇÃO

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), respondeu duramente às críticas realizadas por ACM Neto ao governador de São Paulo. "Oportunista. Nunca apoiaria o Doria", disparou.

 

Maia tem entrado em embate público constantemente com o ex-prefeito soteropolitano, após os desentendimentos provocados pela última eleição da mesa diretora da Câmara, quando o próprio partido, dirigido nacionalmente por ACM Neto, rejeitou apoiar seu candidato à sucessão.

 

O parlamentar pediu, nesta sexta-feira (14), desfiliação do DEM e deve se juntar ao PSD, já visando as eleições de 2022.

Histórico de Conteúdo