Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Entidades do movimento negro fazem manifestação pedindo justiça no caso Atakarejo
Foto: Divulgação

Entidades do movimento negro apresentaram um manifesto nesta quinta (13), durante ato que aconteceu na frente do Atakarejo do Pernambués, pedindo justiça para Yan e Bruno e comunidade do Jacarezinho. De acordo com as entidades, o ato seria "contra a falsa abolição". 

 

O movimento contou com o apoio de diversas organizações sociais, centrais sindicais, partidos de esquerda, deputados estaduais e vereadores de Salvador.

 

A ação ainda reivindicou direitos para o povo negro após 133 anos de abolição da escravidão, chamando a atenção para os altos índices de homicídio e violência, a exclusão nas políticas públicas e a necessidade de direitos garantidos que atingem à população negra neste mais de um século de “absolvição”. 

 

O grupo também confirmou a realização de um novo ato no dia 29 de maio, em Salvador.

Histórico de Conteúdo