Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Braço direito de ACM Neto, Kaio Moraes deve permanecer em projeto eleitoral de ex-prefeito
Foto: Reprodução / Instagram / @kaiomoraes75

Após o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), negar a possibilidade de Kaio Moraes assumir a Secretaria de Governo (Segov) no lugar da vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT), pessoas próximas ao chefe do Palácio Thomé de Souza apontam que, realmente, a informação não passou de um boato. 

 

Segundo apurou o Bahia Notícias com duas fontes próximas ao alto escalão do DEM no estado, Kaio, atualmente, é visto como o “braço direito” de ACM Neto (DEM) no processo de construção da candidatura dele ao governo do estado em 2022. Ou seja: ele é considerado essencial pelo próprio ex-prefeito soteropolitano na sua tentativa de governar o estado pela primeira vez.

 

Neto, inclusive, reiterou a aliados que “jamais desejaria” a saída de Ana Paula da Segov – ele foi um dos articuladores da entrada da pededista na chapa com Bruno, às vésperas da campanha eleitoral do ano passado. 

 

Para afastar a imagem de que se intromete na gestão de Bruno Reis, Neto vem dando declarações sistemáticas à imprensa de que “não se mete” na administração do seu sucessor, mas que está “altamente satisfeito” com a atual condução.

 

Ex-chefe de gabinete de Neto, Kaio é homem de confiança do ex-prefeito desde 2009, ainda quando o democrata era deputado federal. Na prefeitura, ele foi presidente da Limpurb e diretor de Logística e Patrimônio da Secretaria Municipal de Gestão (Semge).

Histórico de Conteúdo