Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Salvador ficará com todo o 1º lote de vacinas da Pfizer enviado à Bahia, diz Bruno Reis
Cidades tem ultrafreezers para armazenar vacina | Foto: Getty Images

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou neste domingo (2) que a capital baiana vai ficar com todo o primeiro lote de vacinas da Pfizer que será enviado à Bahia nesta segunda (3) pelo Ministério da Saúde.

 

Segundo Bruno, a cidade é a única que possui os próprios ultrafreezers necessários para armazenar a vacina, que precisa ser acondicionada em temperaturas baixíssima, que vão entre -80ºC e -60ºC. “Nos preparamos com antecedência com nossos ultrafreezers”, publicou o prefeito no Twitter. No entanto, o governo da Bahia implantou equipamentos similares em nove pólos regionais (lembre aqui).

 

Em publicação no Twitter neste domingo, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, disse que o Ministério da Saúde deve enviar ao estado 26.100 doses do imunizante da Pfizer (leia mais aqui). Além deste lote, a Bahia vai receber uma remessa com 405 mil vacina da AstraZeneca/Oxford.

 

Assim como Salvador, apenas capitais receberão a vacina da Pfizer neste primeiro momento. A decisão foi tomada porque, segundo o Ministério da Saúde, cidades do interior não possuem a estrutura adequada para armazenar o imunizante - informação contradita pela implantação de ultrafreezers em pólos regionais pela Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab). (Atualizada às 09h57 de 03/05/2021)

Histórico de Conteúdo