Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Átila do Congo critica líderes do governo na Câmara e ameaça deixar base de Bruno Reis
Foto: Reginaldo Ipê / CMS

Membro da base de apoio do prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), na Câmara Municipal, o vereador Átila do Congo (Patriota) criticou nesta quarta-feira (7) o líder e o 1º vice-líder do governo na Casa, Paulo Magalhães Jr. (DEM) e Orlando Palhinha (DEM), respectivamente, por entender que ambos não vêm conduzindo da melhor maneira a relação com os parlamentares apoiadores da prefeitura.

 

Segundo Átila, a comunicação está sendo feita apenas pelo WhatsApp. “Entendo que é um momento difícil de pandemia, porém, nós estamos todos aqui saindo para vir à Câmara trabalha e não vejo uma valorização pelo governo municipal. É uma situação complicada, acho que os nossos projetos da base precisam ser ouvidos, não dá para ficar falando por whatsapp apenas quando o prefeito ou a vice quiserem responder”, disparou Átila.  

 

Por conta disto, ele ameaça deixar a base de apoio da prefeitura. “Ninguém é cego aqui, estamos vendo o que está conseguindo fluir com apoio do governo. Aproveitarei que sou vice-presidente do Patriota e vou convocar meus pares, Sandro [Bahiense] e Roberta [Caires] para irmos para oposição e ver se somos ouvidos daqui para frente”, prometeu.

 

“Vejo a inclinação do presidente Geraldo Jr para nos ajudar e reconheço o trabalho do vereador Edvaldo Brito na comissão dele nas tratativas com os projetos, porém, o que mais ouço aqui são reclamações de colegas sobre a dificuldade em avançar as propostas”, acrescentou.

Histórico de Conteúdo