Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Elmar vê em ACM Neto e Wagner candidaturas legítimas ao governo da Bahia em 2022
Foto: Reprodução/Youtube

Para o deputado federal Elmar Nascimento (DEM), em 2022 a Bahia terá duas candidaturas legítimas brigando pelo comando do estado. De um lado estará o senador e ex-governador Jaques Wagner (PT), que comandou o estado por dois mandatos e fez o sucessor, o atual governador Rui Costa (PT). E do outro lado o ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, que chegará na disputa com “respaldo popular” e a boa avaliação das duas gestões como prefeito de Salvador.

 

“Nosso projeto para o Democratas é fazer ACM Neto governador do estado”, disse durante entrevista ao Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM 92,3, nesta quinta-feira (1º).

 

Segundo Elmar, a tendência é de que ele concorra a reeleição no Câmara dos Deputados no pleito do ano que vem, mas o parlamentar reconhece que no futuro tem vontade de concorrer a outros cargos. “Tenho aspiração de ascender, de um dia participar de chapa majoritária”, reconheceu ao destacar que neste momento entende que no Congresso Nacional ele pode ajudar a Bahia.

 

O deputado federal também comentou sobre a formação da chapa majoritária. Elmar comparou a definição dos nomes que vão concorrer a governador, vice-governador e senador a um jogo de xadrez que será definido bem próximo da eleição. Ele adianta que o Democratas vai trabalhar para fazer alianças com partidos que possam contribuir com o propósito de ACM Neto assumir a chefia do Executivo baiano em 2023. Ainda sobre a formação da chapa, Elmar  destaca que tem consciência de que é “quase impossível que tenha dois quadros do mesmo partido numa chapa que só cabem três”.

Durante a entrevista o deputado ainda comentou a reforma ministerial promovida pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) nesta semana, em que seis ministros foram trocados.  

 

“O presidente Bolsonaro tem uma capacidade muito grande de surpreender, ninguém contava com uma reforma dessa profundidade”, comentou. Mas o deputado destaca que “é um direito de quem foi eleito fazer os ajustes que julgar necessários”.

 

Pandemia e economia também foram temas tratados durante a entrevista. Elmar defendeu projetos e estratégias que possibilitem a melhora da economia brasileira. “É muito importante estar de olho na recuperação do desenvolvimento econômico a partir do momento que a população esteja majoritariamente vacinada”, disse, ao defender a necessidade de diálogo e discussões sobre a reforma administrativa.

Histórico de Conteúdo