Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

PGR pede ao STF que inquérito contra ex-ministro Pazuello seja enviado à 1ª instância
Foto: Alan Santos / PR

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que envie para a primeira instância o inquérito que apura suposta omissão do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no enfrentamento da pandemia no Amazonas, especialmente diante do colapso da saúde em Manaus. As informações são do portal G1.

 

A PGR entende que o caso deve tramitar na Procuradoria da República do DF porque, com a saída do cargo, Pazuello não tem mais foro privilegiado. Agora, cabe ao relator do caso, ministro Ricardo Lewandowski, avaliar o pedido e os desdobramentos da investigação.

 

O inquérito foi aberto em janeiro de 2021 após pedido da PGR, que apontou indícios de que Pazuello sabia do iminente colapso no desabastecimento de oxigênio medicinal em Manaus, que levou a mortes desde dezembro, mas só enviou representantes em janeiro. Além disso, aponta atraso no envio do oxigênio. O ex-ministro passou a ser investigado pela Polícia Federal.

 

Segundo a PGR, mesmo já sabendo do problema, o Ministério da Saúde providenciou a entrega a Manaus de cloroquina, medicamento sem comprovação científica para tratar a Covid-19 mas cujo uso vem sendo defendido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Histórico de Conteúdo