Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Domingo, 21 de Março de 2021 - 11:40

Ex-deputado Haroldo Lima segue internado em estado grave após sequelas da Covid-19

por Francis Juliano

Ex-deputado Haroldo Lima segue internado em estado grave após sequelas da Covid-19
Foto: Reprodução / PCdoB

Militante histórico de combate à ditatura civil-militar [1964-1985], o ex-deputado baiano Haroldo Lima segue hospitalizado neste domingo (21) em Salvador. Lima teve o quadro de saúde agravado após ser diagnosticado com Covid-19. Ele está intubado e completa 19 dias em tratamento após ter sequelas da enfermidade que afetaram os pulmões, como informou o advogado e sociólogo Joviniano Neto, que é amigo de Haroldo. "Estamos na corrente de orações pedindo restabelecimento da saúde dele", disse Joviniano.

 

Baiano de Caetité, no Sudoeste baiano, e engenheiro de formação, Haroldo Lima foi membro da Juventude Universitária Católica (JUC) que deixou em seguida para integrar a Ação Popular (AP), ambas agremiações de oposição ao golpe de 64.

 

Em 1976, sobreviveu ao chamado Chacina da Lapa, em São Paulo, em que morreram outros militantes do PCdoB, à época na ilegalidade, como Ângelo Arroyo, Pedro Pomar e João Batista Drumond. Foi torturado, e em 1981 foi preso em Salvador apontado como articulador do “Quebra-quebra” de ônibus durante um movimento contra o aumento da tarifa de ônibus em Salvador.  

 

Lima também foi deputado federal por cinco mandatos. O último cargo de Haroldo Lima foi como diretor da Agência Nacional do Petróleo [ANP].

Histórico de Conteúdo