Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bolsonaro diz que não tem 'nada a ver' com PEC que amplia imunidade de parlamentares
Foto: Reprodução / Facebook

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que "não tem nada a ver" com a "PEC da imunidade", que tramita na Câmara dos deputados e restringe a prisão em flagrante de parlamentar somente se relacionada a crimes inafiançáveis listados na Constituição, como racismo e hediondos. A declaração ocorreu em live nas redes sociais, nesta quinta-feira (25).

 

"Tudo o que acontece aqui o pessoal aponta para mim e atira. Por exemplo, agora, tem uma PEC que está começando a tramitar no Congresso, o pessoal já tá me criticando. PEC, Proposta de Emenda à Constituição, eu posso apresentar como presidente da República, mas essa PEC é lá do Legislativo. E eu não tenho qualquer participação sobre ela. Porque após, vamos supor que ela seja aprovada em dois turnos na Câmara e dois turnos no Senado, ela vai para a promulgação, não vem pra minha mesa. Eu não posso sequer vetar. E o pessoal não gostou de alguns artigos dessa PEC, começa a atirar em mim", disse Bolsonaro.

 

Bolsonaro também negou que terá proveito caso a medida seja aprovada.

Histórico de Conteúdo