Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Deputada Flordelis é internada em CTI após tomar medicamentos 'em excesso'
Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) está no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Niterói Dor, em Icaraí, no Rio de Janeiro, após “excesso de medicação” depois de receber a notícia de que foi afastada do mandato por decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ). A informação foi dada em nota da assessoria da parlamentar, divulgada nas redes sociais dela. 

 

A nota diz ainda que Flordelis é inocente, que "nenhuma prova foi revelada contra ela e na última audiência suas filhas além de assumirem a autoria do crime também negaram a participação ou ciência da deputada".

 

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio decidiu nesta terça (23), por unanimidade, afastar Flordelis do cargo de deputada federal. A decisão é para que a parlamentar fique fora de qualquer função pública até o julgamento do processo no qual é acusada de ser mandante da morte do marido, o pastor Anderon do Carmo.

 

A determinação será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para que os parlamentares decidam se mantém o afastamento, conforme determina a Constituição Federal.
 

Leia a nota da assessoria de Flordelis na íntegra:

O artigo quinto da Constituição Brasileira, garante a todos os cidadãos e cidadãs o legítimo direito a ampla defesa, respeitar a Constituição é um dever de todos e todas que se consideram democráticos e patrióticos.

 

A Deputada Flordelis vem sofrendo um linchamento público, antes mesmo do fim da primeira fase do processo que investiga a morte de seu marido, o Pastor Anderson do Carmo, ela vem sendo condenada e humilhada perante a opinião pública, sem nenhum direito de defesa.

 

Flordelis é inocente, nenhuma prova foi revelada contra ela e na última audiência suas filhas além de assumirem a autoria do crime também negaram a participação ou ciência da Deputada. Porém, a despeito dos fatos, convicções estão sentenciando o destino de uma mulher integra, honesta, de origem periférica e que tem sua história pautada na defesa da vida.

 

Ontem (23/2/2021), por volta das 19h30 a Deputada deu entrada na emergência do Hospital Niterói Dor em Icaraí, sendo encaminhada para o CTI onde se encontra até o momento.

 

A internação se deu pelo o excesso de medicação tomada após a injusta decisão do pedido de seu afastamento do mandato de Deputada Federal, com a justificativa que atrapalharia as investigações, que pasmem, encerraram em sua primeira fase, não cabendo, portanto, nenhuma possibilidade de utilização de seu cargo para prejudicar o processo.

 

A expectativa de familiares e amigos é que a Deputada possa estar restabelecida e fora do CTI em breve e que tenha o seu amplo e irrestrito direito de defesa garantido, como prevê a lei."

Histórico de Conteúdo