Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Liminar autoriza retorno imediato das aulas presenciais em escolas particulares de SSA
Foto: Reprodução

Uma decisão liminar expedida pela juíza Juliana de Castro, da 6ª Vara da fazenda Pública de Salvador, autorizou a retomada imediata das atividades presenciais nas escolas particulares da capital baiana. A decisão, que atende a um pedido do Sindicato dos estabelecimentos de Ensino da Bahia (Sinepe), enfatiza que as aulas presenciais são facultativas e devem adotar o modelo híbrido, "nos moldes do protocolo apresentado pelo município de Salvador das escolas particulares da capital baiana”. 

 

Segundo Jorge tadeu Pinheiro, do Sinepe, "as escolas estão tomando ciência [da decisão] e terça-feira deverão funcionar, facultativa, híbrida e com os protocolos". Ele não conseguiu precisar quantas unidades de ensino estão preparadas para o retorno. 

 

“Suspender  o inciso I do art; 1º do Decreto Municipal n. 33.506, de 5 fevereiro de 2021, e o Decreto Estadual n. 20.205, de 5 de fevereiro de 2021 no que toca a suspensão das aulas por sua inconstitucionalidade em razão da violação dos princípios da razoabilidade, proporcionalidade e motivação”, diz a decisão. 

 

Acrescenta ainda que “reedições dos decretos restritivos postergando a reabertura das escolas ficam abarcadas” pela decisão. 

 

Nesta sexta-feira (12), o governo estadual prorrogou até o dia 21 de fevereiro o decreto que proíbe as atividades escolares presenciais e shows na Bahia (reveja). 

 


Clique para expandir o documento 

Histórico de Conteúdo