Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Governador exonera superintendente da SSP-BA citado na Operação Faroeste
Rogério Magno comandava inteligência da SSP | Foto: Divulgação / PM-BA

O governador Rui Costa exonerou Rogério Magno de Almeida Medeiros do comando da Superintendência de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). O ato foi publicado na edição desta quinta-feira (31) do Diário Oficial do Estado.

 

Para substituir Magno, o petista designou o subsecretário da pasta, Hélio Jorge Oliveira Paixão, que passa a responder pelos dois cargos. O agora ex-superintendente de Inteligência foi citado nas 6ª e 7ª fases da Operação Faroeste, deflagradas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal em 14 de dezembro, que culminaram no afastamento do ex-secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, do cargo.

 

De acordo com os investigadores, ligações telefônicas recebidas por Magno de acusados de envolvimento na venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) apontam que ele teria atuado, junto a Maurício, para vazar informações sigilosas sobre operações policiais que miravam o esquema. Magno, no entanto, não foi alvo das duas fases da Faroeste. 

 

Em 2017, ele entrou na mira da Operação Vortigern pela mesma suspeita de vazar dados sigilosos sobre investigações envolvendo o TJ-BA. Na ocasião, entretanto, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) arquivou a sindicância que apurava o caso.

Histórico de Conteúdo