Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Com ferramenta para organizar coleta de lixo, baianos são finalistas de olimpíada de apps
Foto: Divulgação

Dois alunos do Curso Técnico Integrado em Informática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) - Campus Irecê estão na quarta e última etapa da Olimpíada Nacional de Aplicativos (Onda), promovida pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs).

 

A dupla é formada por Rodrigo Alberto e Andjise Souza. Eles desenvolveram um projeto para a plataforma "Ecoligente" (saiba mais aqui), que será uma “ferramenta colaborativa, desenvolvida com o intuito de dinamizar e tornar mais eficiente o processo de coleta e descarte de resíduos sólidos nas cidades brasileiras, algo que alia inteligência e sustentabilidade”, de acordo com Rodrigo, que concedeu entrevista ao Bahia Notícias para falar sobre a proposta.

 

Segundo o estudante, o projeto é um aplicativo que vai utilizar ferramentas de geolocalização presentes em dispositivos móveis no intuito de mapear pontos com problemas de acúmulo de materiais, sugerir novos espaços destinados à coleta seletiva além de servir de plataforma para conscientização e informação relativa ao correto descarte de resíduos sólidos. Todas as informações encaminhadas pelos usuários seriam enviadas as empresas responsáveis pela coleta de lixo local. Através da mescla dessas informações será possível reorganizar itinerários e períodos de coleta dos resíduos.

Estudantes são responsáveis por construção do projeto | Divulgação

 

Nesta fase da competição, é divulgado um vídeo-pitch da proposta para o público em geral para que haja uma apreciação da sociedade civil (clique aqui e veja). De acordo com Rodrigo, caso haja aceitação do Ecoligente, mesmo sem o título da Onda, há possibilidade de que a ferramenta seja apresentada a prefeituras e empresas. “Se percebermos que a proposta foi bem aceita e que de fato traria contribuições significativas para a sociedade, poderíamos partir para uma implementação futura: apresentar a prefeituras e fazer parcerias com empresas de caráter sustentável pelo Brasil”, projeta.

 

O período de votação teve início no dia 3 deste mês e se encerra na próxima terça-feira (15). A divulgação ocorre na quarta (16) e a premiação acontecerá num dia a ser definido, na sede da própria universidade. 

 

O projeto é orientado pelos professores Gustavo Falcão e Rogério Vilas Boas.

 

Veja o vídeo do projeto e clique na publicação para ir para página oficial dp projeto:

Histórico de Conteúdo