Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ibama determina recolhimento de brigadas de combate a incêndios por falta de recursos
Órgão trabalha com déficit de R$ 19 milhões | Foto: Reprodução / GOVFed

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) determinou que as brigadas de incêndios florestais interrompam, a partir da meia meia-noite desta quinta (22), os trabalhos em todo o país. 

 

Segundo O Globo, em um segundo documento, desta quinta, o Ibama cita em "indisponibilidade financeira" para fechar o mês de outubro para justificar a decisão. O órgão   contabiliza R$ 19 milhões de pagamentos atrasados, o que afeta todas as diretorias e ações do instituto, inclusive, as de prevenção ao incêndio. 

 

O ofício foi assinado pelo chefe do Centro Especializado Prevfogo/Dipro, Ricardo Vianna Barreto, e foi elaborado em meio as queimadas recordes no Pantanal e na Amazônia  em 2020.

Histórico de Conteúdo