Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

TV Aratu é terceira emissora a cancelar debate entre candidatos a Prefeitura de Salvador
Debate em 2012 | Foto: Max Haack/ Agência Haack/ Bahia Notícias

Após a Record e a TV Bahia, a TV Aratu anunciou o cancelamento do debate entre os candidatos à Prefeitura de Salvador. O confronto estava previsto para ocorrer na próxima quarta-feira (21).

 

Em nota, a emissora justificou que buscou alternativas para realizar um debate com os quatro candidatos melhor colocados na pesquisa Ibope, "seguindo as medidas de segurança recomendadas pelas autoridades médicas e as normas da empresa". 

 

Com isso, a proposta previa que os demais candidatos com representatividade parlamentar participassem de mais uma rodada de entrevistas. No entanto, o candidato Celsinho Cotrim (Pros) não aceitou o acordo e informou que acionaria a Justiça Eleitoral, caso o debate ocorresse no formato proposto pela emissora. 

 

"Desta forma, para preservar a saúde dos colaboradores, dos candidatos e dos assessores, a Aratu decidiu não realizar o debate Linha de Frente", finaliza a nota. As demais emissoras também explicaram que não realizariam o tradicional confronto por questão de segurança (veja aqui).

 

Mesmo assim, o candidato notificou a Aratu extra-judicialmentente. Em nota enviada à imprensa, ele criticou à justificativa relacionada à pandemia. "Será mesmo que tudo isso se resume à mera preocupação com a saúde de seus funcionários? Que nós saibamos, esses mesmos funcionários continuam indo para as ruas trabalhar. As emissoras não pararam a esse ponto. E, se a TV Band conseguiu fazer tudo direitinho, não havendo caso de infeção posterior divulgado, como que outras emissoras até maiores não conseguiriam fazer igual ou até melhor?", questionou o candidato que se define como vítima de "um verdadeiro complô" contra o seu "evidente e promissor crescimento, iniciado no debate da Band".

 

Com essa decisão, o único debate ainda previsto é o da TVE, marcado para o dia 24 de outubro. O primeiro turno da eleição será realizado no dia 15 de novembro, com nove candidatos na disputa.

Histórico de Conteúdo