PTB contraria orientação nacional e apoiará Bruno Reis para prefeitura de Salvador
Foto: Divulgação

O PTB decidiu nesta terça-feira (8) apoiar a candidatura de Bruno Reis (DEM) para a prefeitura de Salvador. A decisão foi tomada em reunião nesta tarde entre o presidente estadual do partido, Benito Gama, e o presidente nacional, Roberto Jefferson.

 

A opção por Bruno foi uma exceção para orientação da própria Comissão Executiva Nacional do partido, assinada por Jefferson, que proíbe coligações com PSDB e DEM nas eleições deste ano.

 

De acordo com Benito, o apoio será oficializado em convenção virtual no dia 12 de setembro, em Salvador. No evento, o PTB também vai lançar a chapa com 65 candidatos a vereador, sendo que 20 deles são mulheres.

 

"Estamos numa conversa desde janeiro, mas decidimos hoje pelo apoio a Bruno. Já comunicamos a Bruno e ao prefeito ACM Neto", disse o ex-deputado federal baiano ao Bahia Notícias. Ele também destacou a participação do vereador Carlos Muniz, presidente municipal da sigla, no processo.

 

O PTB faz parte do bloco de partidos liderado pelo presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Jr. (MDB), formado também por MDB, PSC e Republicanos.

 

O grupo defendeu inicialmente o nome do emedebista para a vice. No entanto, como ele deve optar por concorrer à reeleição para a presidência da CMS, Benito afirma que o PTB não fará objeções caso Bruno opte pelo nome da ex-secretária municipal de Promoção Social Ana Paula Matos, que deve ser indicada pelo PDT. "Não vamos fechar questão sobre isso. Não tenho vetos". Vale lembrar que Geraldo Jr. defende que, caso ele não seja o vice, o nome venha do Republicanos.

Histórico de Conteúdo