Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 04 de Setembro de 2020 - 10:54

Prefeitura amplia funcionamento de shoppings e libera self-service em restaurantes

por Bruno Luiz

Prefeitura amplia funcionamento de shoppings e libera self-service em restaurantes
Anúncio foi feito nesta manhã por ACM Neto | Foto: Reprodução/ Instagram

O prefeito de Salvador, ACM Neto, liberou o funcionamento dos shoppings aos domingos e feriados, das 12h às 20h. Até então, os centros de compra só podiam abrir de segunda a sábado. 

 

A medida faz parte da flexibilização de um grupo de atividades, anunciada nesta sexta-feira (4) por Neto como parte da fase 3 de retomada econômica, que permitiu a reabertura dos clubes sociais. 

 

O prefeito também confirmou a autorização para a volta dos shows voz e violão nos bares e restaurantes. No entanto, apresentações com bandas continuam proibidas.

 

“Banda está proibido. Show com banda é sem cogitação. Nem banda eletrônica e nem de percussão. Voz e violão é uma pessoa cantando e tocando ou uma pessoa cantando e outra tocando violão. Acima disso, é banda”, afirmou o prefeito em apresentação das medidas à imprensa nesta manhã.  

 

A prefeitura também vai permitir a volta do self-service nos bares e restaurantes. No entanto, o estabelecimento precisará fornecer luva ao cliente. Anteriormente, apenas o serviço à la carte e a montagem do prato pelos funcionários do local estava liberada.  

 

“A luva, depois de usada, tem que ser jogada fora. Não é reutilizável. É uma luva por cliente que for se servir no self-service. É a condição fundamental para funcionamento do self-service”, disse. 

 

TEMPLOS RELIGIOSOS

O prefeito também aumentou a capacidade de funcionamento dos templos religiosos. Agora, eles poderão operar com 30% da capacidade total ou com até 100 fieis, seguindo o decreto do governo estadual que aumentou de 50 para 100 o limite de pessoas em eventos na Bahia.

 

“A regra é 30% da capacidade ou 100 pessoas. Se 30% da capacidade do templo, for mais que 100 pessoas, é 30%. Se for menos, vale 100 pessoas. Obrigação de distanciamento mínimo de 1,5 m entre ocupantes permanece”, explicou.

Histórico de Conteúdo