Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 20 de Agosto de 2020 - 13:20

ACM Neto e Rui concordam em criminalizar festas paredão durante pandemia

por Bruno Luiz / Lucas Arraz

ACM Neto e Rui concordam em criminalizar festas paredão durante pandemia
Foto: Reprodução / Ag, A Tarde / Uendel Galter

O prefeito ACM Neto (DEM) endossou, nesta quinta-feira (20), a determinação do governador Rui Costa para que a Polícia Militar atue com mais vigor nas ações contra as “festas paredão” durante a pandemia de Covid-19 na capital baiana.

 

Nas rede sociais, o petista sugeriu enquadrar como crime contra saúde pública quem organizar ou participar das festas que geram aglomerações em regiões habitacionais da cidade. “Veículo será apreendido e feito o enquadramento dos seus proprietários junto à delegacia como crime. Além dos aspectos das multas de trânsito, das multas de som, será aberto procedimento criminal para essas pessoas”, escreveu o chefe do Executivo estadual.

 

O prefeito ACM Neto disse concordar em gênero, número e grau com o gesto do governador. “Expressei todo meu pesar pelo que vem acontecendo no Nordeste de Amaralina, com a reincidência permanente desses paredões. Se tratam de pessoas insensíveis. A PM tem um papel imprescindível nesse combate desse tipo de aglomeração criminosa”, disse o gestor municipal. 

 

A prefeitura tem mantido diálogo entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo e a PM para traçar ações contra as festas, que estão proibidas por decreto municipal e estadual.

Histórico de Conteúdo