Preocupado com 'desgaste', Alex Lima diz ser contra reeleição de presidente na AL-BA
Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Vice-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado estadual Alex Lima (PSB) destacou nesta terça-feira (28) que não é favor da possibilidade de reeleição na presidência da Casa, atualmente comandada por Nelson Leal (PP).

 

“Foi feito um acordo há dois anos de que o primeiro biênio seria presidido por Nelson Leal e o segundo por Adolfo Menezes (PSD). Eu tenho a expectativa de que esse acordo seja cumprido porque, na política, a gente já vive momentos delicados da vida pública e, quando a gente não cumpre certas formalidades, como um acordo, só ajudamos a degastar a classe política”, avaliou o parlamentar, em entrevista ao Bahia Notícias. 

 

No ano passado, o assunto ganhou corpo nas discussões internas da AL-BA. Lima admite já ter ouvido falar da possibilidade. “Eu vejo isso nos bastidores de maneira mais acentuada nos últimos tempos. Nos bastidores a gente ouve falar muita coisa nesse sentido, mas oficialmente nada”, indicou.

 

Se em 2018 houve a articulação para a sucessão de Leal ser de Menezes (leia mais aqui), em 2017 uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) foi aprovada na AL-BA para pôr fim à reeleição. À época, essa articulação foi encabeçada pelo ex-presidente Angelo Coronel, atual senador da República (leia mais aqui). Para que Leal possa ser reconduzido à presidência, uma nova PEC precisa ser aprovada, mudando a atual redação da Constituição da Bahia.

Histórico de Conteúdo