ACM Neto sobe o tom após governo federal esconder números da Covid-19: 'É um crime'
Foto: Divulgação / PR

O prefeito ACM Neto, presidente nacional do Democratas, elevou o tom de voz nesta segunda-feira (8) contra o governo de Jair Bolsonaro pela omissão nos dados oficiais da Covid-19, adotada desde a última semana.

 

O prefeito citou como exemplo que suas reuniões de trabalho diárias com a equipe municipal que atua na linha de frente da crise provocada pelo coronavírus foram prejudicadas pela falta dos números oficiais.

 

“Isso é um crime, um absurdo, inaceitável. Penso eu que o Ministério da Saúde está revendo essa decisão”, falou Neto, citando reportagem indicando que o governo deve voltar atrás na decisão de esconder os números (leia aqui).

 

“Pior é que versão de que a divulgação não vai acontecer para os telejornais não reproduzam os números. É inaceitável, é brincar com coisa séria, que eu espero que seja revista o quanto antes”, completou ACM Neto.

Histórico de Conteúdo