Quarta, 06 de Maio de 2020 - 11:05

ACM Neto anuncia 'lockdown setorizado' para Salvador; entenda 

por Glauber Guerra

ACM Neto anuncia 'lockdown setorizado' para Salvador; entenda 
Foto: Max Haack/ Secom PMS

Salvador terá um lockdown setorizado. Ou seja: fechamento de alguns locais que possuem maior incidência de pessoas infectadas com coronavírus. A informação foi revelada pelo prefeito ACM Neto (DEM), em entrevista coletiva nesta quarta-feira (6).

 

“Amanhã vamos apresentar a Salvador um plano, que vem sendo traçado desde o começo da semana, que é promover a interdição completa de alguns pontos de Salvador, onde está havendo um número maior de novos casos de coronavírus, ou seja, locais onde a taxa de transmissão do coronavírus está mais elevada. (...) Nós queremos começar essa semana e a medida terá validade a partir deste sábado. Vamos fazer uma espécie de lockdown setorizado, que é o fechamento de determinados lugares, onde é maior a taxa de coronavírus, inclusive de comércio e ruas. Se essa medida não funcionar, vou defender o fechamento de tudo”, afirmou.

 

O prefeito não descartou o fechamento completo da capital baiana. “Nós queremos ver se é possível evitar o lockdown, ou seja, o fechamento completo de tudo, de toda a cidade. Se essa medida funcionar, inclusive, for educativa e as pessoas compreenderem... Se ela não funcionar o próximo passo é o lockdown, é o fechamento de tudo. Se ela não funcionar, eu como prefeito, vou defender o fechamento de tudo”, explicou ACM Neto.

 

O gestor soteropolitano irá se reunir na tarde desta quarta (6) com dirigentes da Secretaria de Mobilidade Urbana de Salvador (Semob) e da Transalvador para traçar planos e fechar completamente algumas vias da capital baiana. Os detalhes serão anunciados na quinta (7).

 

O prefeito não detalhou se a adoção dos setores obedece a divisões de bairros ou por distritos sanitários - atual compartimentalização utilizada pela Secretaria Municipal de Saúde para a definição de políticas públicas. Em números absolutos, Pituba e Brotas são as áreas que concentram o maior número de casos, enquanto Patamares apresenta o maior percentual de habitantes contaminados pelo novo coronavírus. Os dados separados por bairros da capital baiana, divulgados pelo secretário Leo Prates, apontam ainda uma curva ascendente de casos em áreas como Bonfim, Uruguai, Plataforma e Liberdade. (Atualizada às 12h02)

Histórico de Conteúdo