Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 06 de Abril de 2020 - 16:30

Câmara Municipal: 18 vereadores mudaram de partido durante janela; veja

por Matheus Caldas

Câmara Municipal: 18 vereadores mudaram de partido durante janela; veja
Foto: Matheus Caldas / Bahia Notícias

Com o fim da janela partidária no último sábado (4), a configuração partidária dentro da Câmara de Vereadores de Salvador teve mudanças expressivas, principalmente dentro da base de apoio do prefeito ACM Neto (DEM), na qual 17 parlamentares promoveram uma dança das cadeiras.

 

No bloco de oposição da Casa, houve apenas uma modificação. Ana Rita Tavares saiu do PMB e se filiou, com polêmica, ao PT.

 

Na base do prefeito, o partido que mais ganhou corpo foi o DEM, cujo presidente nacional é o próprio Neto. Com as adesões de Beca, Cátia Rodrigues, Felipe Lucas, Marcelle Moraes, Kiki Bispo e Paulo Magalhães Jr., a legenda soma 11 dos 43 vereadores da Casa. No entanto, houve perda também – e com polêmica. No apagar das luzes, Maurício Trindade foi expulso do partido e se filiou ao MDB.

 

A grande mudança aconteceu no MDB, mas não foi com Maurício. O presidente da Câmara, Geraldo Jr., deixou o Solidariedade e se uniu ao ninho emedebista. Para não ficar sem nenhum vereador, o SD filiou Fábio Souza, anteriormente no PHS, partido incorporado ao Podemos, que faz parte do bloco oposicionista na CMS.

 

Outras mudanças realizadas na Casa ficaram por conta do retorno de secretários. Felipe Lucas, ex-Semop, retornou ao seu posto – ele ainda deixou o MDB e foi para o DEM. Claudio Tinoco (DEM), ex-Secult, e Alberto Braga (Republicanos), ex-Cogel, também retornaram ao Legislativo municipal.

 

Sob polêmica, o PV também ficou sem vereadores. O líder da base de Neto, Paulo Magalhães Jr., e Henrique Carballal já haviam anunciado a saída, para o DEM e para o PDT, respectivamente. Aos 45 minutos do segundo tempo, Sabá foi para o DC, após ter sido expulso do PV sem aviso prévio.

 

Rompido com o prefeito, Cezar Leite saiu do PSDB e foi para o PRTB, partido pelo qual ele deve sair como candidato à prefeitura da capital baiana. Outro ex-PHS foi acolhido por outro partido. Trata-se de Isnard Araújo, que rumou ao PL.

 

Confira a configuração partidária atual da Câmara:
1.     Aladilce Souza – PcdoB
2.     Alberto Braga – Republicanos
3.     Alexandre Aleluia – DEM
4.     Alfredo Mangueira – MDB
5.     Ana Rita Tavares – PT
6.     Atanázio Júlio – PSDB
7.     Beca – DEM
8.     Carlos Muniz – PTB
9.     Cátia Rodrigues – DEM
10.    Cezar Leite – PRTB
11.    Claudio Tinoco – DEM
12.    Daniel Rios – Patriota
13.    Demétrio Oliveira – DEM
14.    Duda Sanches – DEM
15.    Edvaldo Brito – PSD
16.    Fábio Souza – Solidariedade
17.    Felipe Lucas – DEM
18.    Geraldo Jr. – MDB
19.    Hélio Ferreira – PCdoB
20.    Henrique Carballal - PDT
21.    Ireuda Silva - Republicanos
22.    Isnard Araújo - PL
23.    Joceval Rodrigues - Cidadania
24.    José Trindade - PSB
25.    Kiki Bispo - DEM
26.    Lorena Brandão - PSC
27.    Luiz Carlos - Republicanos
28.    Marcelle Moraes - DEM
29.    Marcos Mendes - Psol
30.    Marta Rodrigues - PT
31.    Maurício Trindade - MDB
32.    Moisés Rocha - PT
33.    Odiosvaldo Vigas - PDT
34.    Orlando Palhinha - DEM
35.    Paulo Magalhães Jr. - DEM
36.    Sabá - DC
37.    Sérgio Nogueira - PSDB
38.    Sidninho - Podemos
39.    Sílvio Humberto - PSB
40.    Suíca - PT
41.    Téo Senna - PSDB
42.    Toinho Carolino - Podemos
43.    Vado Malassombrado - DEM

Histórico de Conteúdo