Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bolsonaro edita MP que suspende prazos de respostas à Lei de Acesso à Informação
Foto: Carolina Antunes / PR

Atendendo a um pedido da Controladoria Geral da União (CGU), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) editou uma Medida Provisória (MP) que suspende prazos de pedidos feitos via Lei de Acesso à Informação (LAI).

 

A CGU é o órgão responsável pelo serviço, e argumenta que em meio à pandemia do novo coronavírus, e com parte dos servidores trabalhando remotamente, ficou difícil atender todas a demandas da LAI no prazo estabelecido.

 

O texto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (23). O documento foi assinado pelo ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner de Campos Rosário, e pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência.

 

Com a MP, o prazo de atendimento fica suspenso caso o órgão tenha colocado servidores para trabalhar de casa, exija a presença física do servidor responsável pela resposta ou dependa de agente público envolvido com as medidas de enfrentamento da situação de emergência.

Histórico de Conteúdo