Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Polícia do RJ pede extensão de prazo para concluir laudo da morte de Adriano da Nóbrega
Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Rio de Janeiro quer a prorrogação por mais dez dias, do prazo para finalização do laudo necroscópico complementar de Adriano Magalhães da Nóbrega. O ex-militar foi morto em operação da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) no dia 9 de fevereiro.

 

Os resultados das análises laboratoriais das amostras de tecidos, recolhidas do corpo de Adriano, durante a perícia realizada no dia 20 de fevereiro, ainda não ficaram prontas. Este fato motivou o pedido de prorrogação, conforme reportagem do jornal O Globo.

 

A realização do exame foi acompanhada, na época, por peritos assistentes indicados pela família de Adriano da Nóbrega.

 

Inicialmente a Justiça baiana havia concedido prazo inicial de 15 dias para a conclusão do laudo complementar, o prazo que venceria nesta sexta-feira.

Histórico de Conteúdo