Segunda, 02 de Março de 2020 - 21:00

Cientista que sequenciou genoma do coronavírus em apenas 48h é baiana

por Bruno Leite / Mari Leal

Cientista que sequenciou genoma do coronavírus em apenas 48h é baiana
Foto: Reprodução / Facebook

A cientista Jaqueline Goes de Jesus, umas das responsáveis pelo sequenciamento do genoma do primeiro caso de coronavírus na América Latina-Brasil no prazo recorde de 48h, é baiana. A soteropolitana tem graduação em Biomedicina, mestrado em Biotecnologia e doutorado em Patologia. 

 

Em sua conta no Instagram, ao falar sobre o resultado da pesquisa e a repercussão positiva do feito, Jaqueline agradeceu pelo carinho recebido e disse estar "muito feliz". "Acostumada apenas com a repercussão dentro do meio científico, ainda estou tentando aterrissar nesse milhão de mensagens de parabéns e agradecimento. Muito obrigada pelo carinho de todos vocês: familiares, amigos e pessoas que ainda não conheço. Mas não poderia deixar de enfatizar que não estou sozinha nessa jornada. Tudo é fruto do trabalho incansável de uma equipe extremamente dedicada da qual faço parte", destacou. 

 

A formação de Jaqueline conta com passagem pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e tecnologia da Bahia (IFBA).

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Tenho recebido incontáveis notificações de compartilhamento, menções e tags sobre a divulgação do nosso trabalho na publicação da primeira sequência do Coronavírus na América Latina. Fico muito feliz que nosso alcance tenha ido tão longe. Acostumada apenas com a repercussão dentro do meio científico, ainda estou tentando aterrissar nesse milhão de mensagens de parabéns e agradecimento. Muito obrigada pelo carinho de todos vocês: familiares, amigos e pessoas que ainda não conheço. Mas não poderia deixar de enfatizar que não estou sozinha nessa jornada. Tudo é fruto do trabalho incansável de uma equipe extremamente dedicada da qual faço parte. Por isso gostaria que vocês os conhecessem também. São pessoas que não saíram na mídia, mas sem as quais nada disso seria possível! Este trabalho foi realizado no Instituto Adolfo Lutz em colaboração com o @caddecentre. Meus parabéns ao Dr. Claudio Sacchi, do Laboratório Estratégico do IAL, figura importantíssima nesse processo. E aos meus supervisores Ester Sabino e Nuno Faria. Nesta imagem vocês podem ver Dra Claudia Tavares e Dr Claudio Sacchi do Instituto Adolfo Lutz. Parabéns a todos! #fapesp #mrc

Uma publicação compartilhada por Jaque Goes (@jaque.gj) em

Histórico de Conteúdo