PM-BA diz que Kannário incitou foliões contra policiais: 'Atitude irresponsável e criminosa'
Foto: Enaldo Pinto/ Ag. Haack / Bahia Notícias

O Comando-Geral da Polícia Militar divulgou nota em que reclama da atitude do cantor-político Igor Kannário. Nesta segunda-feira (24), durante desfile no Campo Grande, o artista afirmou que, se "algo" acontecesse com ele, "quem mandou me matar foi alguém da PM" (saiba mais aqui).

 

Em nota, a PM-BA informou que "repudia as provocações e agressões feitas à tropa" por Kannário. "Além da atitude irresponsável e criminosa o também deputado federal incitou os foliões contra os policiais militares que faziam o policiamento do circuito Osmar", ressaltou.

 

"É inaceitável que qualquer pessoa, ainda mais um parlamentar, tente comprometer a honra da instituição e de policiais militares que estão comprometidos e empenhados na defesa da sociedade baiana. Todas as medidas judiciais cabíveis que o caso requer serão adotadas", acrescentou.  

Histórico de Conteúdo