Quase metade das brasileiras já sofreu assédio no Carnaval, aponta levantamento
Foto: Reprodução / Hypeness

Numa pesquisa de abrangência nacional realizada pelo Ibope, 48% das mulheres entrevistadas relataram já ter sofrido algum tipo de assédio, constrangimento ou importunação sexual em alguma festa de Carnaval. Se for analisado o recorte de idade entre 16 e 24 anos, o dado é ainda maior: 61%.

 

Dentre as mulheres que declaram já ter passado por alguma dessas situações, 50% afirmam que o constrangimento foi verbal, cerca de 22% relatam que o constrangimento foi físico e outras 28% que as situações sofridas foram tanto verbais quanto físicas.

 

O levantamento também apurou questões sobre machismo. Para 29% dos homens ouvidos, uma mulher que usa roupas ou fantasias curtas não pode reclamar se receber cantada – 20% das mulheres também concordam. Nesse quesito, há uma discrepância em relação às idades das pessoas que deram opinião: 61% dos jovens de 16 a 24 anos discordam totalmente dessa afirmação versus 48% dos respondentes de 35 a 54 anos e 43% dos respondentes acima de 55 anos.

 

A pesquisa foi realizada de 31 de janeiro a 6 de fevereiro, por meio de questionário estruturado aplicado em painel online. Foram realizadas 2000 entrevistas, de abrangência nacional, com mulheres e homens, maiores de 16 anos, das classes ABC. A pesquisa é representativa da população de internautas e apresenta erro amostral de 2 pontos percentuais, considerando nível de confiança de 95%.

Histórico de Conteúdo