Segunda, 17 de Fevereiro de 2020 - 13:02

Governador afirma que não há 'nenhum motivo' para afastar policiais do caso miliciano

por Rodrigo Daniel Silva

Governador afirma que não há 'nenhum motivo' para afastar policiais do caso miliciano
Foto: Manu Dias/GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou que não há "nenhum motivo" para afastar os policiais que participaram da operação que resultou na morte do miliciano Adriano da Nóbrega. O ex-capitão do Bope foi morto, na semana passada, na cidade baiana de Esplanada.

 

"Não tem nenhum motivo, até o momento, apontando para o afastamento desses policias. Eles agiram dentro da lei", declarou Rui, ao ser indagado pelo Bahia Notícias.

 

O governador afirmou, ainda, que o material apreendido – armas e celulares – foi enviado para o Rio de Janeiro. O petista deu alfinetada no presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

 

"Todo material apreendido já foi enviado para o Ministério Público do Rio. Se a receio de alguém de saber se naqueles telefones têm o contato com autoridades do país, quem vai responder é o Ministério Público do Rio. [...] Quero tranquilizar para quem está preocupado. Não é a Bahia que vai apurar isso nem a Bahia que vai detalhar com quem o bandido, o marginal, mantinha conversa", declarou. 

Histórico de Conteúdo