Presidente da Funasa e ex-assessor da Casa Civil são alvos de operação da PF
Foto: Divulgação

Ministro do trabalho no governo Michel Temer (MDB) e atual presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ronaldo Nogueira é alvo de uma operação da Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira (6). Os investigadores apuram desvios de dinheiro público no Ministério do Trabalho, ocorridos entre os anos de 2016 e 2018.

 

Segundo o blog Painel, da Folha de S. Paulo, ao todo, são cumpridos 41 mandados de busca e apreensão. Outros alvos conhecidos são o ex-assessor do Ministério da Casa Civil no governo Jair Bolsonaro (sem partido), Pablo Tatim, e o ex-deputado federal Jovair Arantes.

 

Batizada de Gaveteiro, a operação investiga desvios feitos por meio da contratação de uma empresa do ramo da tecnologia. De acordo com a publicação, a PF chegou a pedir a prisão dos três alvos citados, mas a Justiça não autorizou. Eles são suspeitos de peculato, organização criminosa, fraude à licitação, falsificação de documento particular, corrupção ativa e passiva.

Histórico de Conteúdo