PEC da Previdência: Rosemberg classifica invasão ao plenário da AL-BA como 'lamentável'
Foto: Max Haack / Ag. Haack. / Bahia Notícias

Líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado estadual Rosemberg Pinto classificou como lamentável  a invasão ao plenário da Casa nesta sexta-feira (31), durante a votação que culminou na aprovação da PEC da Previdência.

 

“Quanto à aprovação, nenhum problema. Agora, em relação à atitude que aconteceu no plenário, lamentável. Eu nunca presenciei uma situação dessas de pessoas invadirem o plenário da forma que foi feito”, desabafou, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

O parlamentar argumentou que a aprovação do texto é inquestionável. “Não tem porque questionar a aprovação. Não há questionamento. Agora, eu lamento que tenha acontecido nesse formato”, disse.

 

Rosemberg ainda indicou que, após o tumulto inicial, a saída da sala da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) foi tranquila. Ele também pontuou que não teme retaliações futuras. “Não temo nenhuma retaliação. Até porque acho que foi um momento de muita emoção das pessoas. Eu entendo, mas acho que houve excessos. Lamento os excessos de jogarem ovo no presidente, entrarem armados no plenário. São coisas que não ajudam a democracia. São momentos de emoções. Passadas as emoções, as coisas serão superadas”, concluiu.

Histórico de Conteúdo