Executiva do PT na Bahia proíbe aliança com DEM e aliados de Bolsonaro nas Eleições 2020
Foto: Divulgação

Apesar da paz selada entre o governador Rui Costa (PT) e o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) nesta terça-feira (17) (leia aqui), a executiva do PT na Bahia definiu que os filiados não poderão firmar alianças com os partidários do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e com o Democratas, de ACM Neto, nas eleições municipais de 2020.

 

De acordo com o partido, ficou decidido nesta terça que candidaturas e tática eleitoral estarão alinhadas entre os diretórios municipais e estadual do partido. “Nossa estratégia eleitoral não admitirá nenhuma aliança com o bolsonarismo e seu aliado local, o DEM, que deverão ser fragorosamente derrotados em 2020” comentou Éden Valadares, novo presidente do PT na Bahia.

 

Durante a reunião, os membros da Executiva Estadual do PT na Bahia aprovaram calendário e diretrizes para a tática eleitoral do partido nas eleições municipais do ano que vem.

 

De acordo com o partido, a Executiva decidiu acompanhar de perto os processos municipais, especialmente nas 50 maiores cidades do estado, aprovando um calendário que prevê as definições sobre tática eleitoral, política de alianças e escolha de candidaturas somente após terminado o prazo de filiações, ou seja, depois de encerrada a chamada “janela eleitoral”.

Histórico de Conteúdo