Terça, 10 de Dezembro de 2019 - 15:40

Leal diz que AL-BA 'demitiu muita gente' e que economia pode chegar até 70 mi

por Lucas Arraz / Mauricio Leiro

Leal diz que AL-BA 'demitiu muita gente' e que economia pode chegar até 70 mi
Foto: Lucas Arraz / Bahia Notícias

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) Nelson Leal disse que a casa legislativa deve conseguir uma economia de até R$ 70 milhões. A redução dos custos provida pela presidência teve como maior foco a demissão de pessoal que prestava serviço para os deputados.

 

"Nós procuramos diminuir alguns serviços. Para isso a gente enxugou um pouco a questão de contratos. O que podíamos fazer para diminuir a questão da prestação de serviços, para o parlamentar e para a casa", revelou ao Bahia Notícias.

 

O presidente da AL-BA participou de um almoço com jornalistas na sede da assembleia nesta terça-feira (10), o progressista disse que "onde tinha uma possibilidade de cortar", a redução foi feita.

 

"Publicidade derrubamos, veículos diminuímos frota, tudo que tinha, como tecnologia. Procuramos sistemas com eficiências com custos reduzidos, painéis, totens. Conseguimos manter os serviços para os deputados e a população. Ninguém percebe, fez falta, mas a grosso modo, todos entenderam que era necessário", disse.

 

Leal disse que não existiu maiores resistências, e os deputados "foram parceiros e se colocaram a disposição". "Nunca encontramos na bancada do governo ou da minoria um deputado que tenha batido na porta reclamando de algo. Temos mantido o mesmo grau de serviço, o serviço que era feito por dois agora é feito por um", comentou.

Histórico de Conteúdo