Trump anuncia restauração de tarifas de aço para o Brasil após desvalorização do real
Foto: Alan Santos / PR

Embora se declare aliado do governo do presidente Jair Bolsonaro, o presidente americano Donald Trump anunciou que vai restaurar as tarifas de aços e alumínios importados do Brasil e da Argentina. O presidente americano explica que a medida se deve à desvalorização do real e do peso, que não seria bom para os fazendeiros dos Estados Unidos.

 

"A Reserva Federal também deve agir para que os países não tirem mais proveito do nosso dólar forte, desvalorizando ainda mais suas moedas. Isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportarem seus produtos de maneira justa", declarou o republicano em seu perfil do Twitter, na manhã desta segunda-feira (2).

 

 

Segundo informações do G1, em agosto do ano passado, Trump anunciou um "alívio" nas cotas de importação de aço e alumínio que excedessem as cotas livres do pagamento das sobretaxas impostas pelos Estados Unidos. Essa decisão atinge as cotas de aço da Coreia do Sul, Brasil e Argentina e ainda as cotas de alumínio da Argentina.

 

Com isso, as empresas americanas que compravam aço do Brasil não precisavam pagar 25% a mais sobre o preço original do produto, caso comprovassem falta de matéria-prima no mercado americano.

Histórico de Conteúdo