Terça, 05 de Novembro de 2019 - 16:40

Solidários a julgamento de Targino, deputados derrubam sessão na AL-BA

por Lucas Arraz

Solidários a julgamento de Targino, deputados derrubam sessão na AL-BA
Foto: Reprodução / Agência AL-BA

Diante do placar favorável à cassação de mandato do líder da oposição Targino Machado (DEM), os deputados da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) esvaziaram o plenário, nesta terça-feira (5), e derrubaram a sessão por falta de quórum. Três vetos do governador Rui Costa a projetos da base estavam na pauta. 

 

Na avaliação de membros da liderança do governo e da mesa diretora da Casa, não existia clima para votar qualquer projeto após o novo capítulo do julgamento colocar o líder da oposição na AL-BA em situação delicada. 

 

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) deu continuidade nesta segunda (4) ao julgamento da ação que pede a cassação do mandato de Targino. Até o momento, são três votos a favor de que o democrata perca o mandato (Patrícia Kertzman, Antônio Scarpa e José Edivaldo Rocha Rotondano). O último é relator do caso. Já o juiz José Batista se posicionou contra a cassação. Quatro votos são suficientes para Targino perder o posto. Faltam votar: Diego Lima de Castro,  Freddy Pitta Lima e Jatahy Fonseca Júnior (veja aqui). 

 

O CASO
A denúncia do Ministério Público Eleitoral diz que o pedido de cassação é por "abuso de poder econômico” e não por "compra de votos". Targino Machado é médico há mais de 35 anos e faz o atendimento de graça à população. O Ministério Público recebeu vídeos da Secretaria de Saúde da Bahia demonstrando as irregularidades na clínica em que os atendimentos foram realizados, entre novembro de 2016 e outubro de 2017. Os atendimentos ainda foram feitos no ano de 2018.

Histórico de Conteúdo