Segunda, 28 de Outubro de 2019 - 10:40

Nelson Pelegrino admite que foi 'sondado' por Rui Costa e Otto para voltar a ser secretário

por Rodrigo Daniel Silva

Nelson Pelegrino admite que foi 'sondado' por Rui Costa e Otto para voltar a ser secretário
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Divulgação

O deputado federal Nelson Pelegrino (PT) admitiu, nesta segunda-feira (28), que foi "sondado" pelo governador Rui Costa (PT) e pelo senador Otto Alencar (PSD) para voltar a ser secretário. Segundo ele, um encontro que ocorreu na semana passada tratou do tema.

"Houve uma sondagem na perspectiva de resolver o retorno de Paulo Magalhães, mas foi uma sondagem e não foi conclusiva. Na política, tudo tem conversa. Uma solicitação do governador e do senador tem que ser considerada", afirmou Pelegrino, em entrevista ao Bahia Notícias. 

O suplente Paulo Magalhães perdeu a cadeira na Câmara de Deputados após Sergio Brito deixar a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e voltar para Brasília (reveja aqui). Nos bastidores, o comentário é de que Brito não estava satisfeito na Sedur por dois motivos. O primeiro seria a falta de liberdade na gestão, já que o governador não daria tanto espaço.

Além disso, Brito avaliaria que em Brasília teria mais recursos para atender as bases eleitorais do que na Sedur. Questionado, Pelegrino se esquivou. "Tem que perguntar a ele. Não sei", afirmou o petista.

Pré-candidato a prefeito de Salvador, o deputado do PT admite que seria uma "coisa positiva" virar titular da Sedur. "A depender da conversa, pode ser uma coisa positiva. Posso trabalhar essa questão do metrô, do VLT...", afirmou. "Mas a primeira pergunta é: ele [Sergio Brito] volta ou não volta [para a seudr]? Depois vem as demais perguntas. Ele pediu 45 dias para tratar das emendas e da saúde. O prazo ainda não expirou", pontuou. Pelegrino já foi secretário de Turismo no governo Rui Costa. 

Histórico de Conteúdo