Ilha dos Frades tem Selo Bandeira Azul renovado pela quarta vez
Foto: Marcelo Gandra/Secis

A praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, na Ilha dos Frades, teve a certificação Bandeira Azul renovado pela quarta vez pela Foundation for Environmental Education (FEE). O selo certifica a qualidade das principais praias ao redor do mundo.

 

Para a concessão do selo, são observados requisitos de qualidade socioambiental, como segurança, qualidade da água, gestão e educação ambiental.

 

Em todo mundo já foram distribuídos mais de 4.600 selos, sendo 3.500 somente para praias, marinas e embarcações turísticas. O Brasil possui 14 selos: as praias do Tombo (Guarujá/SP), Praia Grande (Governador Celso Ramos/SC), Lagoa do Peri (Florianópolis/SC), do Estaleiro e do Estaleirinho Balneário (Camboriú/SC), de Piçarras (Balneário Piçarras/SC), do Peró (Cabo Frio/RJ), e a praia de Ponta de Nossa Senhora do Guadalupe, na Ilha do Frades; quanto as Marinas são certificadas a Costabella  (Angra dos Reis/RJ), Nacionais (Guarujá/SP), Iate Clube de Santa Catarina (Florianópolis/SC), Kauai (Ubatuba/SP) e Tedesco (Balneário Camboriú/SC); apenas uma embarcações de Turismo Sustentável possui o selo, a Água Viva Mergulho (Florianópolis/SC).

 

Integrante do território de Salvador, a Ponta de Nossa Senhora faz parte de uma Área de Proteção Cultural e Paisagística (APCP) e, desde 1982, é Reserva Ecológica. A localidade possui belezas naturais preservadas por força da ação do projeto Baía Viva, além da supervisão da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), que estuda a implantação de um parque natural na região.

 

A prefeitura de Salvador tem intenção de receber a certificação em outras três praias da capital baiana, e para isso planeja requalificar as praias de Ipitanga, do Flamengo e Stella Maris.

 

A Ilha dos Frades é considerada um verdadeiro reduto ecológico, em razão de manter uma vasta área de Mata Atlântica. Entre os monumentos históricos da ilha, destacam-se as ruínas da Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, construída no século XVII; a Igreja Nossa Senhora do Loreto, erguida no século XVIII; a Igreja Nossa Senhora do Bom Parto; o Farol da Ilha dos Frades; as ruínas de um lazareto; e o armazém de quarentena de escravos.

 

Entre as praias famosas, além da de Ponta de Nossa Senhora, estão Loreto, Panamana, Tobar e Viração.

Histórico de Conteúdo