Quarta, 12 de Junho de 2019 - 00:00

Aliados não acreditam que ACM Neto anunciará em dezembro candidato à sucessão

por Rodrigo Daniel Silva

Aliados não acreditam que ACM Neto anunciará em dezembro candidato à sucessão
Foto: Reprodução / Facebook

Aliados do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), não acreditam que o democrata vai anunciar o candidato à sucessão ainda em dezembro deste ano, como prometeu (veja aqui). Na avaliação deles, o gestor soteropolitano vai empurrar ao máximo e a confirmação do postulante para suceder só deve ficar para meados de abril de 2020. 

Ao Bahia Notícias, os correligionários apontaram os motivos para ACM Neto não divulgar o nome em dezembro. Um deles é fato de o prefeito ter o "histórico" de tomar decisões aos 45 minutos do segundo tempo, como aconteceu, na última eleição, quando José Ronaldo só foi ratificado como postulante do grupo ao governo da Bahia próximo às convenções.

Outra razão para ACM Neto adiar o anúncio, segundo aliados, é evitar que ocorra antecipação da campanha. Apesar de ainda não ter sido anunciado, o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), é apontado pelos próprios aliados como candidato natural. Neste sentido, os correligionários acreditam que o vice começaria a sofrer a partir de janeiro ataques da oposição, se fosse confirmado em dezembro como o nome de ACM Neto para a eleição de 2020.

Por outro lado, aliados entendem que se ACM Neto adiar o anúncio pode prejudicar Bruno Reis. Isto porque vai gerar dúvidas se, de fato, o vice-prefeito é o candidato do grupo, abrindo especulações para que outros nomes surjam e ocupem o espaço. Correligionários avaliam que o prefeito ainda pode escolher o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, como o seu candidato. 

Em uma confraternização, um amigo disse que, na reta final, Neto irá lançar Bellintani. Ao ouvir, o dirigente do Esquadrão teria dito: "vai ser tarde demais". Bellintani tem sido cotado também para disputar o pleito pelo grupo do governador Rui Costa (PT). 

Histórico de Conteúdo