Segunda, 20 de Maio de 2019 - 11:14

Governador diz que 'um partido se apropriou' da greve dos professores universitários

por João Brandão / Rodrigo Daniel Silva / Fernando Duarte

Governador diz que 'um partido se apropriou' da greve dos professores universitários
Foto: João Brandão / Bahia Notícias

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a criticar, na manhã desta segunda-feira (20), a greve dos professores das quatro universidades estaduais e disse que um partido se "apropriou" da paralisação, ao se referir ao PSOL. 

"Há uma partidarização da greve. Uma apropriação de um partido político da greve", declarou, durante solenidade de assinatura dos contratos de gestão de 13 Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol). "Não vai ser cardzinho de Facebook ou de internet que vai me alcançar. Às vezes, e eu aprendi isso desde cedo, que a extrema esquerda vai tanto ao extremo que se encontra no método com a extrema direita e se juntam para atuar conjuntamente e evitar que a maioria da população seja beneficiada", acrescentou, em discurso. 

Estão em greve há mais de um mês os docentes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Os professores pedem reajuste salarial e melhores condições de trabalho. 

Histórico de Conteúdo