Justiça anula decisão, mas velejador baiano continua preso em Cabo Verde
Foto: Reprodução / Redes sociais

Os três velejadores brasileiros presos em Cabo Verde por tráfico internacional de drogas, entre eles o baiano Rodrigo Dantas, tiveram uma pequena vitória na Justiça. O Tribunal da Relação de Barlavento (TRB) anulou, no último dia 15, a sentença que condenou os velejadores a 10 anos de prisão. O TRB também  solicitou a devolução do caso ao tribunal da 1ª instância. 

 

Apesar da sentença de condenação ter sido considerada nula, os velejadores continuam presos. O Tribunal de Recurso ainda não analisou os pedidos de alteração da medida de coacção de prisão preventiva para outra menos grave. 

Histórico de Conteúdo