Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 28 de Novembro de 2018 - 11:40

Governo diz que não fará municipalização das escolas em Salvador: 'Não tem capacidade'

por Rodrigo Daniel Silva

Governo diz que não fará municipalização das escolas em Salvador: 'Não tem capacidade'
Foto : Adenilson Nunes/GOVBA

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) rebateu a declaração do secretário municipal de Educação, Bruno Barral, que afirmou que a prefeitura de Salvador rejeita receber escolas do governo “sem estrutura” (veja aqui).

Em nota enviada ao Bahia Notícias, a SEC informou que “não fará nenhuma municipalização” na capital baiana, porque a administração soteropolitana “não tem capacidade e nem planejamento para receber alunos”. 

“A prova é que, em Salvador, o Estado assume 92.750 mil estudantes do ensino fundamental, que deveria ser obrigação do Município, como ocorre em mais de 300 cidades, todas elas menores do que Salvador. Além das 191 escolas com 92.750 estudantes em que o Estado oferta o ensino fundamental, o que deveria ser feito pelo Município, a prefeitura usa mais de 100 prédios na sua rede que o Estado cede. Na última reunião com participação do Ministério Público, o Município, além de revelar sua incapacidade, falta de planejamento e falta de compromisso com os estudantes, afirmando que não iria receber alunos do ensino fundamental na sua rede, solicitou que o estado disponibilizasse mais 17,4 mil vagas no 6° ano, para estudantes concluintes do 5° ano”, comunicou.

A pasta estadual informou, ainda, que vai manter a oferta de ensino fundamental “em todos os bairros [Salvador e com] e professores com excelente formação”.



Histórico de Conteúdo