Sábado, 26 de Julho de 2008 - 00:00

VARELA AFASTADO DA RECORD

Numa decisão conjunta da direção da TV Itapoan e da Rede Record, o apresentador Raimundo Varela foi afastado do seu programa "Balanço Geral", por 90 dias, até o fim da campanha sucessória municipal de Salvador. A Rede compreendeu um princípio básico do jornalismo, a imparcialidade, e a impossibilidade de misturar  uma coisa com outra, como aconteceu com o jornal "Correio da Bahia", com notórios prejuízos à sua rede de comunicação. O comunicador Raimundo Varela  tentou, sem sucesso, ser candidato a prefeito, chegando a liderar as pesquisas à época realizadas. Após o insucesso, mergulhou na campanha de ACM Neto, do DEM, ao tempo em que passou a estabelecer críticas aos advesrários, que ameaçaram tomar medidas judiciais. A Record entendeu que se, de fato, houvesse uma notícia judicial, não somente o apresentador seria prejudicado mas, também, a emissora. Assim posto, resolveu pelo afastamento de Varela, o que significa, para ele, um notável estrago na sua imagem. Para Neto também não foi bom, mas não foi ele, ao que parece, que definiu os caminhos errados trilhados pelo radialista.

Histórico de Conteúdo