Quarta, 20 de Junho de 2018 - 00:00

Josué Alencar seria plano B do PT para o Planalto; Wagner poderia ser vice na corrida

por Ricardo Luzbel / Fernando Duarte

Josué Alencar seria plano B do PT para o Planalto; Wagner poderia ser vice na corrida
Foto: Guilherme Dardanhan / Divulgação AL-MG

Começam a circular rumores de que o pré-candidato do PR à Presidência da República, Josué Alencar, funcionaria como um “coelho na cartola” do PT para as eleições de 2018. Pode parecer estranho em uma primeira leitura, porém o filho do falecido ex-vice-presidente José Alencar é considerado um coringa em núcleos petistas ligados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A equação não chega a ser complexa. Alencar seria vice do projeto de candidatura de Lula ao Planalto, que corre o risco de não ser validado pela Justiça Eleitoral, e eventualmente assumiria a cabeça da chapa, concorrendo com o apoio do PT e abrindo a possibilidade de articular com representantes do chamado “centrão”. A dobradinha entre Lula e José Alencar foi vitoriosa nos pleitos de 2002 e 2006. Apesar de ser um cenário ainda remoto, são feitas inclusive elucubrações sobre quem seria alçado à condição de vice de Alencar nesse caso, sendo cotado, inclusive, o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner. A medida, todavia, alteraria a cena política baiana, que tem o ex-ministro como candidato ao Senado, razão pela qual Wagner estaria reticente quanto ao papel.



Histórico de Conteúdo