Ligação entre Pinto de Aguiar e Gal Costa será feita por túneis na Paralela
Foto: Daniel dos Santos/ Divulgação

O trecho da Linha Azul que será inaugurado neste sábado (3) pelo governador Rui Costa, ligando as avenidas Pinto de Aguiar e Gal Costa, vai contar com quatro túneis que permitirão a conexão entre as duas, cortando a Avenida Luiz Viana Filho (Paralela). Quando completo, o complexo viário fará a ligação entre a orla atlântica e o Subúrbio Ferroviário. São dois túneis duplos, sendo um sob a Paralela e outro sob o acesso ao Estádio de Pituaçu, com 155 e 110 metros cada, respectivamente, além de um mergulho (passagem subterrânea) na Pinto de Aguiar e vias de superfície em mão dupla (três faixas por sentido), totalizando 5 quilômetros de extensão. De acordo com o governo estadual, essas intervenções, somadas à requalificação das vias de acesso até o Complexo Esportivo Armando Oliveira, em São Marcos, além da duplicação da Avenida Gal Costa (a ser feita), representam a segunda etapa concluída da Linha Azul, com investimento da ordem de R$ 147 milhões. Para o diretor de Obras Estruturantes da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), Sérgio Silva, o trânsito deve melhorar sensivelmente nos bairros de Pau da Lima, Sussuarana, São Rafael, São Marcos, Pituaçu e ainda na Avenida Paralela, no trajeto do viaduto Dona Canô até o CAB. “A interligação das duas avenidas irá permitir um deslocamento mais rápido e eficiente, disciplinando o fluxo de veículos na chegada e saída desses bairros pela Gal Costa, sem a necessidade de obrigatoriamente transitar pela Paralela e Avenida São Rafael, o que irá evitar os congestionamentos”, afirma Sérgio. No total, a Linha Azul terá oito túneis. Com 12,7 quilômetros de extensão, o corredor de tráfego ligará os bairros de Patamares e Lobato a partir da duplicação e ampliação da Avenida Pinto de Aguiar, já concluída, da duplicação da Avenida Gal Costa e da implantação da via de ligação Pirajá – Lobato.

Histórico de Conteúdo