Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Vereador pedirá que MP investigue possível ato de pedofilia durante exposição em Salvador
Foto: Reprodução / Instagram

O vereador Alexandre Aleluia (DEM) vai acionar o Ministério Público para investigar crime de incitação à pedofilia durante apresentação da performance "La Bête", que acontecido em Salvador no Goethe Institut, localizado no bairro da Vitória. A performance repercutiu depois que um vídeo da apresentação feita em São Paulo foi divulgado nas redes sociais. Na ocasião, o coreógrafo carioca Wagner Schwartz aparece nu e pode ser tocado pela plateia. Uma onda de protestos na internet ganhou força porque uma criança aparece em meio ao público e interage com o homem, tocando em sua perna e sua mão (veja mais). "Vi as imagens das 'performances' tanto em São Paulo quanto em Salvador. Aquilo, se não for um explícito ato pedófilo, é um claro incentivo à sua normalização", escreveu o vereador em nota. Nesta quinta-feira (28), o vereador apresentou projeto de lei que impede a destinação de verba pública municipal para instituições de direito privado que incitem crimes como aborto, consumo de drogas, vilipêndio a culto e pedofilia. Segundo Aleluia, o projeto foi elaborado tendo em vista a exposição 'Queermuseu', que também provocou polêmica nas redes sociais.



Histórico de Conteúdo