Supremo Tribunal Federal autoriza abertura de inquérito contra Michel Temer
Foto: Lula Marques / AGPT

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer. O pedido foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) após a divulgação da delação premiada de um dos donos da empresa JBS, Joesley Batista. O empresário acusou Temer de comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Com a decisão do STF, Temer passa à condição de investigado na Operação Lava Jato.

Histórico de Conteúdo