Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 22 de Dezembro de 2016 - 21:20

Rui explica que vai tentar ‘ajudar’ AL-BA ao conversar com base sobre eleição

por Rebeca Menezes

Rui explica que vai tentar ‘ajudar’ AL-BA ao conversar com base sobre eleição
Foto: Max Haack / Ag Haack / Bahia Notícias
O governador Rui Costa (PT) tentou manter distância da eleição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), mas não conseguiu se afastar por muito tempo. Durante o lançamento da segunda edição da revista Terra Mãe, que conta com o balanço anual da sua gestão, Rui admitiu que vai conversar com os deputados que integram a base para tentar acalmar os ânimos. “A assembleia é independente e autônoma, eu vou respeitar a Casa. Agora, se eu puder ajudar conversando com todos, eu vou tentar ajudar. Eu vou começar a conversar. Eu estava guardando uma distância regulamentar, mas vou me aproximar mais e tentar conversar. Eu vou para o corpo a corpo para ver se eu consigo harmonizar os interesses. Se eu conseguir harmonizar, será bom para a base de governo”, avaliou. Mesmo assim, o governador minimizou os atritos que tem envolvidos os deputados – sem citar os nomes do presidente Marcelo Nilo (PSL) e os seus concorrentes da base, Luiz Augusto (PP) e Ângelo Coronel (PSD). Segundo Rui, todos os parlamentares são “amigos íntimos, de frequentar a casa um do outro”. "Não vai ser uma rusga momentânea que vai atrapalhar nem a amizade pessoal, muito menos a aliança política”, defendeu.


Histórico de Conteúdo