Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Geddel decide deixar governo ainda nesta sexta para estancar crise política
Foto: Bahia Notícias
O ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) decidiu deixar o governo para estancar a crise política desencadeada pelas declarações do ex-ministro Marcelo Calero (Cultura). A demissão deverá ocorrer ainda nesta sexta-feira (25). A informação que circulava como possibilidade foi confirmada pelo Estadão. Geddel foi acusado de pressionar Calero a autorizar, por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) a construção do condomíno La Vue, em Salvador, onde o ministro da Secretaria de Governo tem um apartamento. Calero se recusou a ceder à pressão e se queixou com Michel Temer, que optou por defender os interesses de Geddel, conforme depoimento do ex-ministro à Polícia Federal nesta quinta-feira (24). 

Histórico de Conteúdo